sábado, março 14, 2009

franquia

junto ao muro que me separa de ti
sento-me a olhar para o outro lado
o céu que lá vejo é o mesmo daqui

1 comentário:

Telemaquia-org. disse...

No outro dia soubemos dizer este poema de cor.